quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

Prova de vida agora é feita pelo INSS

Segurado não precisa mais sair de casa para realizar o procedimento

A partir de janeiro de 2023, cabe ao próprio INSS verificar se o segurado segue vivo. Com a nova regra, o cidadão não é mais obrigado a sair de casa para realizar sua prova de vida.

No momento, a equipe da Previdência Social estuda os últimos detalhes para que a regulamentação da medida seja publicada. A regulamentação trará detalhes de como o INSS fará os cruzamentos de dados e de como o segurado deve agir, caso sua prova de vida não seja realizada de modo automático.

Por enquanto, os beneficiários podem ficar tranquilos e aguardar. Não haverá bloqueio de benefícios por falta de prova de vida por enquanto. 

Apesar de não ser mais obrigatório, quem preferir pode fazer a prova de vida como nos anos anteriores: indo a uma agência da rede bancária ou usando o Meu INSS.  O cidadão também pode acessar o Meu INSS ou ligar para o telefone 135 para verificar a data da última confirmação de vida feita. É importante destacar que o beneficiário não deve procurar uma agência do INSS para fazer a prova de vida.

Título e Texto: INSS, 11-1-2023, 10h53

Um comentário:

  1. Para levar a efeito tal ato perante o INSS, ou (Infelizmente Não Socorremos Solitários ) o segurado deve levar uma certidão provando que morreu e espera pela vinda do Senhor Jesus. O INSS, anos depois via correio, informa ao segurado que ele está apto a fazer jus ao que pensa ou acha que tem direito.
    Aparecido Raimundo de Souza
    Do sítio Shangrilá, um lugar perdido no meio do nada.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-