quinta-feira, 8 de dezembro de 2022

Capitania do Porto afirma que há mais de 60 navios abandonados na Baía de Guanabara

Órgão diz que a Secretaria Estadual de Ambiente está ciente sobre a situação e ainda assim não removeu as embarcações

Estéfane de Magalhães

Capitania do Porto, orgão de autoridade marítima, afirma que há mais de 60 navios abandonados na Baía de Guanabara. O órgão ainda diz que a Secretaria Estadual de Ambiente sabe desta informação e mesmo assim não removeu as embarcações do mar fluminense.

A Capitania acrescenta que o próprio Governo do Rio solicitou, via ofício ao órgão, a responsabilidade para realizar a remoção.

Um estudo realizado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) mostrou também que entre 2018 e 2021, apenas 17 cascos abandonados foram retirados da Baía de Guanabara.

Os navios sem utilidade podem gerar problemas aos mares e população do Rio. Há um mês, o graneleiro São Luiz, que estava ancorado na Baía de Guanabara desde 2016, foi levado pelo vento e se chocou violentamente contra a estrutura da ponte Rio x Niterói. O acidente fechou a via por horas.

Título e Texto: Estéfane de Magalhães, Diário do Rio, 8-12-2022

Relacionados: 
Marinha abrirá inquérito para saber as causas da colisão do navio São Luiz contra a Ponte Rio-Niterói 
Navio à deriva bate e Ponte Rio-Niterói é fechada nos 2 sentidos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-