segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

[Atualidade em xeque] A fera ferida e o papagaio de pirata

José Manuel

Os Estados Unidos da América estão feridos de morte. E não é por interferências estrangeiras, mas sim pela sua própria autofagia.

Eles próprios estão destruindo o sonho do "American Way of Life" ao ignorar os avisos proféticos de McKinley/ Roosevelt de que o Estado deveria ser sempre o árbitro entre o capital e o trabalho, garantindo justiça a todos e não concedendo favores a nenhum.

Seu lema era "Fale suavemente e carregue um grande porrete... ".

E assim foi com a quebra do monopólio da Standard Oil no princípio do século XX.

Essa visão profética fez da América a potência que conhecemos hoje.

Os governos democratas de Jimmy Carter, Bill Clinton e Barak Obama, trouxeram aos EUA o pior que existe na social-democracia, as mazelas e tragédias do socialismo escancarado na América. 

E neste contexto, surgem e se tornam gigantescas, as Big Techs com controle total sobre a comunicação e ausência de moderação por parte do Estado Americano. 

Hoje eles se julgam donos da América, até quem sabe, já o sejam e Donald Trump ao se insurgir contra esses oligopólios tentou ainda fazer com que a América Great Again, se libertasse desse viés retrógrado, retornando ao esplendor de outras eras, mas bateu de frente com o terrorismo dos BLM, Antifas e mainstream socialista criminoso, disseminado por todo país, culminando com uma fraude vergonhosa e um ato terrorista planejado e covarde, contra o Capitólio, nas últimas eleições. 

Aliás essa história conhecemos bem aqui no Brasil quando o terrorismo por pouco nos levou à esfera soviética. 

A América como a conhecemos, jamais será igual, pois está corroída pela pobreza intencional, pelo desvanecimento dos valores mais sagrados dos americanos e se deixando levar pelo caos invisível, virtual, criado em sistemas programados.

Algo muito similar aconteceu com o processo de derretimento do Império Romano, guardadas as devidas proporções.

Os sinais são fortes e o paradoxo perigoso entre uma FORD centenária, possivelmente falimentar, e as Big Techs cada vez mais concentradoras de capital, está aí para quem quiser ver. 

O socialismo/comunismo é a pior praga do planeta com a "Teoria Política" de Marx e Engels servindo no máximo para substituir o papel higiênico.  

Podemos perceber como ele funciona até na Europa, com países de viés socialista patinando na inércia mesmo fazendo parte de um mercado comum gerador de riquezas. 

Na França por exemplo, o socialismo travestido de "Chanel" produz verdadeiras joias políticas como porta vozes do apocalipse, verdadeiros "papagaios de pirata" como Macron, que agora elegeu o Brasil como seu alvo predileto.

Por favor, alguém diga para esse político imaturo, que França Antártica, França Equinocial e guerra da lagosta são vergonhas francesas do passado, quando os portugueses e os brasileiros os varreram do nosso solo, do nosso mar, que os portos do Brasil estão abertos a nações amigas, que fabricamos excelentes vinhos e queijos e que a soja necessita de calor e de muito sol. Nem a China consegue produzir para seu consumo, quanto mais a Europa, mas no Brasil conseguimos até três safras anuais para desespero dos que querem nos boicotar economicamente.

Alimentamos hoje, mais de 20% da população mundial, mas parece que ninguém disse isso a ele.

Ao que tudo indica, já passou da hora do Itamaraty chamar para consultas o nosso embaixador em Paris, antes que isso tome um vulto incontrolável, com consequências perigosas ao nosso país. 

Ele, provavelmente na euforia pela posse do seu novo colega americano vai aprontar de novo e a próxima narrativa para arrebentar com o Brasil, será algo forte e fantasioso a partir da Amazônia seu tema predileto!

Vamos pagar para ver?

Título e Texto: José Manuel, 18-1-2021

Relacionados:
Macron e a soja
Globalistas assanhados com Biden
Os novos senhores do mundo
O sinistro milagre português
Ativista do BLM admite: invasão ao Capitólio foi planejada

Anteriores:
O inferno de Dante
Nuances geopolíticas
O silêncio das legiões
Coincidências hipersônicas

A conta vai chegar
Correios & Telegraphos
Salto alto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-