sábado, 11 de setembro de 2021

Azeites brasileiros conquistam premiação internacional

Lista de medalhas traz produtos de Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul

Sabrina Nascimento

A cada ano a produção brasileira de azeites de oliva extravirgens — conhecidos pela acidez menor e pelo sabor mais suave — tem ganhado espaço no cenário mundial. Um exemplo foi o concurso internacional que premiou 27 marcas do produto fabricado no Brasil, entre análises de 66 itens de outros países da América Sul, da América do Norte e da Europa.

Na lista de medalhistas há azeites de Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul. Empatado com Portugal, o país foi o único a ter três marcas entre os dez primeiros colocados, sendo todas elas premiadas com medalha de ouro. Os produtos que atingiram esse nível foram: azeite Sabiá Arbequina (3º), Verde Louro Frantoio (6º) e Vertentes (7º).

Onze produtos brasileiros também encerraram o Brazil International Olive Oil Competition 2021 com medalha de ouro, no entanto, não ficaram no Top 10. Outros 11 azeites ficaram em segundo lugar, ganhando a prata, e cinco levaram o bronze.

Título e Texto: Sabrina Nascimento, revista OESTE, 10-9-2021, 20h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-