quinta-feira, 23 de setembro de 2021

TV Cultura fecha contrato com agência de notícias controlada pelo Partido Comunista da China

Emissora brasileira vai produzir documentários e programas culturais com veículo de comunicação asiático

Cristyan Costa

A agência de notícias Xinhua, sob controle do Partido Comunista da China, e a TV Cultura, ligada ao governo do Estado de São Paulo, fecharam um contrato de cooperação. A parceria consiste em um “intercâmbio de informações e, futuramente, de documentários, séries e programas culturais.” As partes fecharam negócio na segunda-feira 20, com a participação do presidente da Fundação Padre Anchieta (FPA), José Roberto Maluf, o diretor da estatal asiática, Chen Weihua, entre outras autoridades.

“Esse acordo permite que a TV Cultura vá se informar na fonte primária, não na fonte alternativa ou secundária que são as agências ocidentais de informação sobre a China”, declarou o chefe da FPA. “Nós temos condições de, doravante, saber exatamente como pensam os chineses e o que dizem os chineses”, acrescentou. “A parceria entre a Xinhua e a TV Cultura vai ajudar os dois povos a se conhecerem cada dia mais”, complementou o CEO da companhia estrangeira, ao ressaltar a amizade entre Brasil e China.

Fundada em 1931, a Xinhua possui mais de 10 mil funcionários, 31 escritórios na China e 107 espalhados pelo mundo, com publicações em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, russo, português e alemão.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista OESTE, 22-9-2021, 21h36

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-