quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Em cidade italiana, esquerdistas pedem a derrubada de estátua de mulher considerada sensual

Partido sustenta que escultura é um monumento ao machismo e ao sexismo

Cristyan Costa

A escultura de uma mulher feita pelo artista Emanuele Stifano em homenagem ao poema La Spigolatrice di Sapri (O Respigador de Sapri, em tradução livre), escrito pelo poeta Luigi Mercantini, provocou reação de militantes de esquerda. Inaugurada no sábado 25, a estátua recebeu acusações de “sexismo” e “machismo” em Sapri, na província de Salerno, na Itália.

O enredo da obra conta a história de uma expedição fracassada de Carlo Pisacane contra o Reino de Nápoles. No poema, Pisacane se apaixona pela mulher retratada na peça feita em bronze: uma camponesa que abandona o trabalho para se juntar ao homem revolucionário, mas vê a expedição contra o reino das Duas Sicílias fracassar, com 300 soldados mortos ou presos.

“A estátua recém-inaugurada em Sapri e dedicada a Spigolatrice é uma ofensa às mulheres e à história que deveria celebrar”, escreveu no Twitter Laura Boldrini, deputada do Partido Democrata, de centro esquerda. “Mas como as instituições podem aceitar a representação das mulheres como um corpo sexualizado? O machismo é um dos males da Itália”, acrescentou a parlamentar.

De acordo com o jornal The Guardian (de esquerda), um grupo de mulheres do Partido Democrata em Palermo publicou nota e pediu que a estátua fosse derrubada. “Mais uma vez, temos que sofrer a humilhação de nos ver representados na forma de um corpo sexualizado, desprovido de alma e sem qualquer ligação com as questões sociais e políticas da história”, salienta o texto.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista OESTE, 29-9-2021, 12h06

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-