quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Bolsonaro, sobre a imprensa: ‘Com todos os seus defeitos, é melhor ela falando do que calada’

'Tem certas coisas que são igual água de poço, só se dá valor quando se perde', afirmou o presidente da República

Afonso Marangoni

Em evento no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender nesta terça-feira, 14, a liberdade de imprensa e garantiu que jamais vai defender qualquer medida de censura.

Já o ex-presidente Lula (PT), que tem ambição de disputar o Palácio do Planalto, tem falado, reiteradamente, em “regular” a imprensa e em “controle social da mídia”. Em artigo de capa da edição 76 da Revista Oeste, J.R. Guzzo afirma que “controle social” é censura.

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

“Meu pai falava: tem certas coisas que são igual água de poço, só se dá valor quando se perde. A nossa liberdade de imprensa, com todos os seus defeitos, tem que persistir. No que depender de nós, jamais teremos qualquer medida tentando censurá-la, jamais. Com todos os seus defeitos, é melhor ela falando do que calada”, disse.

Título e Texto: Afonso Marangoni, revista OESTE, 14-9-2021, 22h30

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-