sexta-feira, 12 de novembro de 2021

Bolsonaro sanciona lei que transfere R$ 9,3 bi do Bolsa Família para o Auxílio Brasil

Projeto encaminhado ao Congresso Nacional pelo Executivo no fim de outubro foi aprovado por deputados e senadores

Fábio Matos

O presidente Jair Bolsonaro sancionou na quinta-feira 11 a lei que remaneja R$ 9,3 bilhões do orçamento do Bolsa Família para o novo programa social criado pelo governo, o Auxílio Brasil. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Como noticiado ontem por Oeste, o projeto encaminhado ao Congresso Nacional pelo Executivo no fim de outubro foi aprovado pelos parlamentares. Com isso, as famílias que estavam na lista do antigo programa poderão receber normalmente o novo benefício a partir de 17 novembro. A mudança ocorrerá apenas nos valores, que terão reajuste de quase 18%. Os beneficiários receberão R$ 400 mensais até dezembro de 2022.

De acordo com o Ministério da Economia, serão necessários R$ 84,7 bilhões em 2022 para bancar o Auxílio Brasil. O espaço destinado no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) do ano que vem, no entanto, é de apenas R$ 35,3 bilhões. Por isso, o ministro Paulo Guedes teve de pedir ao Congresso uma licença para gastar R$ 30 bilhões fora do teto de gastos — regra fiscal que limita o avanço das despesas do governo à inflação.

Título e Texto: Fábio Matos, revista OESTE, 12-11-2021, 9h20 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-