domingo, 21 de novembro de 2021

[Aparecido rasga o verbo - Extra] E N E M

Aparecido Raimundo de Souza

VIVA, VIVA, VIVA...

Senhoras e senhores, hoje, domingo, 21 de novembro, começa o ENEM. Para quem não sabe, ENEM, se traduz por “EXAME NACIONAL DO ENSINO DE MERDA”.

Desde 1998, por iniciativa do então miSInistro da Educação Paulo Renato Cara de Pato Souza, no desgoverno de Fernando Henrique Cardoso, a coisa veio à tona. Seu objetivo principal, seria o de “avaliar” o desempenho dos estudantes brasileiros, ou seja, desde a sua criação, o ENEM não fez outra coisa, senão aquilatar ou estabelecer, não o dinamismo ou a atividade dos interessados seguindo à risca, um parâmetro lógico.

Todavia,  se prestou e ainda continua neste tom amargo, a apreciar, de camarote, a burrice cavalar dos estudantes. Na verdade, senhoras e senhores, o ENEM não avalia merda nenhuma. O que temos de burros e jumentos cavalos e potrancas espalhados por ai... chega a ser hilário...

Pois bem, resumindo, a função do ENEM, a patacoada nunca foi levada à sério. Dito de outra forma, o tal Ministério (ou seria MISTÉRIO?!) da Educação, jamais se prestou a elaborar políticas claras e transparentes, bem ainda, pontuais e estruturais no sentido de trazer melhorias ao coitadinho do ensino, ou o que deveríamos conhecer e entender como tal.

Tanto procede a nossa manifestação, que o ensino que hoje vemos e engolimos, o nosso pobre e humilhado ensino, neste Brazzzil de pilantras e enganadores... o ensino, que conhecemos, perdão, o “incinu”, que nos esmaga, cotidianamente, segue UMA DROGA. 

GOVERNO FEDEMAL, PÁTRIA CAGADA BRAZZISUMIU!

Título e Texto: Aparecido Raimundo de Souza, de Aracruz, no Espírito Santo, ES. 21-11-2021

Colunas anteriores: 
Por quê?! 
Obstáculos 
Galho dourado em ramagem verde 
Nem cabeça e sem dar pé 
Marília Mendonça e a distância que nos foi imposta 
Mané

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-