sábado, 10 de abril de 2021

Com ‘jeito’ de Zona Sul, Vila Valqueire tem imóveis acima de R$ 1 milhão

Conhecida como a 'Ipanema do subúrbio', a Vila Valqueire cada vez mais se consolida como um dos melhores bairros do Rio

Altair Alves


Localizada entre o subúrbio carioca e a grande Jacarepaguá, a Vila Valqueire é dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro. Com população predominantemente de classe média e classe média alta, a região ganhou a alcunha de “Ipanema da Zona Sul”, em função dos prédios baixos, das modernas residências e dos condomínios de luxo.

Por conta da sua localização, (apenas a 28 quilômetros de distância do centro da cidade) da qualidade de vida, infraestrutura e das boas opções de moradia, a Vila Valqueire abriga entre suas esquinas casas a partir de R$ 1 milhão e algumas com valores superiores a R$ 2 milhões, segundo informação publicada pelo blog Bafafá.

Além dos imóveis, a Vila Valqueire atrai novos moradores por causa das inúmeras alternativas de comércio e serviço, e pelos espaços públicos como praças e parques, todos muito bem conservados.

Ainda falando de comércio, o bairro tem uma série de empreendimentos em franco desenvolvimento. Com complexo comercial, hospital, bancos, colégios, supermercados, uma avenida de agências de automóveis na Estrada Intendente Magalhães, principal via do bairro, considerado um shopping a céu aberto de carros.

A ‘Ipanema do subúrbio‘ é cercada por áreas verdes, morros e a serra do Valqueire, parte da área protegida do Parque Estadual da Pedra Branca, uma das maiores unidades de preservação ambiental do mundo.

Para quem tem dificuldade com o forte calor que predomina na Cidade Maravilhosa, frequentemente, nessa região, são registradas as menores temperaturas do Rio, principalmente nas madrugadas de inverno.

Para os religiosos, o bairro também conta com a histórica Igreja de São Roque, o Santuário da Divina Misericórdia, um dos primeiros templos católicos do país.

Com “alma” de subúrbio e “cara” de Zona Sul, a Vila Valqueire é um cantinho único e especial do Rio de Janeiro.

Título e Texto: Altair Alves, Diário do Rio, 10-4-2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-