terça-feira, 27 de abril de 2021

[O cão tabagista conversou com…] Jorge Ferreira: “Sim, o LIVRE seria a minha segunda escolha, logo após o MRPP. 😊”

Nome completo:
Jorge Patrício Gomes Ferreira

Nome de Guerra: Nunca houve alcunha que pegasse, logo, o Jorge Ferreira ficou como registo.

Onde e quando nasceu?
Nascido e criado na Marinha Grande há 44 anos, com aquele espírito de luta, característico dos sindicatos vidreiros!

Onde estudou?
Uma carreira acadêmica e profissional no distrito de Leiria, sempre direcionado para a prestação de serviços de Engenharia, e ultimamente mais especificamente na indústria automóvel.

Passou a infância e juventude na Marinha Grande, certo?
Passei a infância e a juventude na Marinha Grande que só aparecia na TV por más razões, fosse porque alguém tinha assassinado sete pessoas ou porque alguma manifestação se tenha tornado violenta... embora a vez que o Mário Soares se arrependeu de passar por aqui (no longínquo ano de 1986) talvez possa ser considerada uma boa razão para a Marinha Grande aparecer na TV.

Qual (ou quais) acontecimento marcou a sua infância e juventude?
Certamente que esses acontecimentos ficaram registados, e a viver aqui, foi com naturalidade que cheguei a ir a algumas festas do Avante... não havia redes sociais, então, para irritar comunistas, teria de se ir à fonte, juntando o útil ao agradável com a música e a diversão dos anos 90.

Tem registros (fotos, recortes de jornais…) desse assassinato em massa?
Não tenho nada, mas há alguma informação online... numa busca no google, acabei de saber que ele morreu em 2019.


Que horror! Você tinha que idade, exatamente, quando essa chacina ocorreu? 
Tinha 10 anos... não se falava de outra coisa por estas bandas e na tv...

Imagino! Quando começou a trabalhar?
Comecei a trabalhar aos 17, num curso técnico profissional remunerado, enquanto passei a estudar à noite. Não era propriamente um trabalho, mas foram os primeiros descontos para o estado... estou sempre disposto a sustentar o socialismo 😊

Qual foi o próximo passo? 
A Marinha Grande é uma zona industrial gigante. Logo após o curso técnico profissional, não foi difícil de entrar no mercado de trabalho, mesmo mantendo os estudos à noite.


Após longos anos de experiência, investi também na área formativa como formador.

As indústrias são maioritariamente a de vidro, plásticos e moldes, e tudo muito direcionado à indústria automóvel e, consequentemente, à exportação.

Foi naturalmente que acabei por trabalhar para uma multinacional na Roménia, em desenvolvimento de produto, durante quatro anos, e sempre com a parte de formação a caminhar paralelamente.

No início de 2020 voltei a Portugal, mal sabia que vinha passar a pandemia em casa.

Hoje em dia continuo a dar formação (muito online), e faço a dita prestação de serviços na área de engenharia, mas na mesma multinacional.

A indústria automóvel está mal, desde que começou a desacelerar em meados de 2018, tem vindo a piorar e a pandemia veio evidenciar toda essa crise, que ainda não chegou ao nosso dia a dia, mas vai chegar!

Como assim? Você acha que a crise provocada pelo vírus chinês ainda vai piorar?
A indústria automóvel anda com uma décalage, entre dois a três anos do resto da economia, ou apenas um ano, como foi em 2008.

Assim como a retoma também começa antes... a retoma neste setor só se prevê para 2022 ou 2023, por isso digo que a crise vai piorar e o uso ponderado das ditas "bazucas" poderia atenuar toda essa crise, mas não tenho muitas esperanças de que isso aconteça em Portugal.

Fale um pouquinho sobre a Romênia… nação que esteve sob o domínio da União Soviética por quase meio século…
É difícil falar pouquinho daquele país. É de extremos, mesmo com a relação que se tem com ele... ou se ama ou se odeia.

Um país com cicatrizes de várias invasões e desses anos de comunismo que culminaram numa revolução encenada que até originou a proibição do partido comunista naquele país, só que não proibiu os comunistas, que depois se dividiram por dois partidos, o PNL e o PSD, este último no poder, apesar dos imensos protestos. Como o de 2017, com 300.000 pessoas, apenas em Bucareste.


Bucareste é um país dentro de outro, com realidades completamente diferentes, assim como um custo de vida superior.

A corrupção é generalizada, ao típico estilo de país socialista onde uns roubam o povo, e o povo corrompe-se para sobreviver!

É país com enorme potencial e com uma localização invejável, mas que não evolui ao ritmo que deveria, tanto devido a esse socialismo corrupto como devido aos traumas da sociedade, ainda muito vivos nas suas memórias, cultura e educação.

Quando cheguei lá em 2016, Bucareste fez-me lembrar Lisboa dos anos 80, movimentada e saída da revolução que lhe abriu portas à Europa (para o bem e para o mal), com edifícios e infraestruturas velhas e ultrapassadas, mas com alma e um charme apaixonante.

Falando em socialismo, por que os portugueses amam tanto o socialismo e o comunismo?
Há lá forma de não gostar do socialismo? É tudo gratuito! E até há subsídios para tudo...

E o português não quer saber de onde vem o dinheiro ou se o sistema é sustentável.

Somos tão crédulos que até acreditamos que o comunismo funciona após 100 anos de exemplos. Como diria Nelson Rodrigues, “a ignorância é a falta de conhecimento, a burrice é escolher a ignorância".

A máquina da propaganda continua bem oleada e ao serviço da esquerda, ficamos todos felizes por ir comer caramelos a Badajoz.

As universidades, mídia, administração central, está tudo infestado desde o PREC, então, continuamos firmes rumo ao socialismo... Já estou pronto para o Tetra do FMI.

O lado positivo é que continuamos a alimentar as letras do fado com a triste sina portuguesa :)

Você curte futebol? Se sim, qual é o seu time?
Sim, gosto... não tanto como já gostei, mas gosto muito e sou do F.C. Porto, 7 títulos internacionais 😀

Também sou portista, mas o time carece de acertar a pontaria, urgentemente!
O Porto tem vindo a ser vítima de um aproveitamento financeiro por parte de alguns dirigentes e agentes que fazem com que, financeiramente, estejamos como estamos... jogadores fracos e jogos miseráveis.

Podemos apontar o dedo a casos isolados, mas o problema é de fundo e o Pinto da Costa não está a dar conta do recado.

Mas "azul e branco é o coração"! 😁

Recuando um pouco e para o bem da História, o que aconteceu mesmo com Mário Soares em Marinha Grande?
O Mario Soares veio à Marinha Grande em campanha, e os comunistas bateram-lhe... como sempre, estávamos em crise, havia muito desemprego e as coisas descontrolaram-se. Foram só uns carinhos, nada demais. 😁


Conhece o Brasil?
Infelizmente ainda não conheço o Brasil.

Acompanha a atualidade francesa?
Sim, a atualidade francesa e da Europa em geral é seguida em Portugal, temos uma enorme comunidade portuguesa lá, por isso também é natural termos notícias de França.

E a brasileira?
Do Brasil também sigo, na medida do possível, tenho muitos amigos lá, especialmente em Curitiba.

A França vive situação bastante triste com atos diários de terrorismo, ódio extremado pela história e cultura francesas… o ‘seu’ Macron está só preocupado, não com o seu país, mas com o Brasil de Jair Bolsonaro…
Já o rasteirinho e candidato a novo Napoleão é mais um que vive do populismo e daquilo que os mídia gostam de publicitar.

Fala-se muito da deflorestação do Bolsonaro quando os níveis de deflorestação na Guiana Francesa não se ficam atrás!

Mas eu compreendo aquele azedume e inveja do Bolsonaro... Já viu bem o aspecto da mulher? Eventualmente ele poderá ser vítima de violência doméstica. (LOL).

Enquanto isso, anda a injetar dinheiro na Renault e PSA com a condição das marcas fazerem projetos de veículos eléctricos.

Falta de visão e autismo que levarão a problemas maiores.

Conhecia o “Cão”?
Conheço vários cães, este em particular, não. Talvez porque fuma, e eu desde que deixei de fumar tento manter uma certa distância dos cigarros porque continuam a cheirar bem.

Qual a sua opinião sobre o presidente de Portugal?
Quanto ao nosso PR, que mereceu a minha confiança no primeiro mandato e me fez pedir desculpa várias vezes por esse voto, é o melhor PR para este país. Isto não é bem um país, é mais um circo gigante, com malabaristas, contorcionistas, animais (muitos) e claro, precisa de um palhaço rico.


Aquele palhaço que não tem piada, parece muito sensato e tenta preparar as piadas dos outros palhaços e faz de conta que tenta organizar o caos, mas só contribui para ele! No fim do dia, não deixa de ser um palhaço.

E sobre o atual governo?
Quanto ao nosso governo, que começou com uma Geringonça e vacas voadoras, está resumido às vacas, que estão magras e já nem voam. Aquelas tetas estão em sangue de tanto ter sido mungidas.

Porque o socialista olha para uma vaca que dá cinco litros de leite por dia e chega à conclusão marxista que se a ordenhar três vezes por dia, consegue uma produção de quinze litros diários.

Óbvio que nem consegue tirar os quinze litros e em breve fica sem vaca!

A Bazuca vai adiar o regresso do pastor (FMI) e assim manter a vaca ligada ao ventilador por mais uns tempos. Espero que não usem os ventiladores chineses, porque, segundo consta, não funcionam.

É um hino à corrupção e incompetência.

Viu esta?

Julgo que se refere ao confronto em Valença... os ditadores não gostam de ser confrontados. Na Venezuela, Cuba ou China, há pessoas a desaparecer todos os dias... por cá já não é aceitável depois da dissolução das FPs 25 de Abril e após o PREC, mas há tendências que são difíceis de esconder.

Envio a foto de quando ele foi confrontado com a sua incompetência nos fogos assassinos de 2017 no Pedrogão e na Marinha Grande que acabaram por matar 115 portugueses.


By the way, não é o PS que governa Marinha Grande?
Sim, a câmara tem alternado entre PS e PCP, embora os eleitores comunistas vão envelhecendo e o PS ganhou votos, mas curiosamente, a presidente de câmara é ex-simpatizante do PCP... Cidália Maria Oliveira Rosa Ferreira, garanto que não é da minha família.
Se tem algum relação com o Salazar, já não sei, (LOL). Por isso, não muda muito, nem o cheiro.

Bah, que maravilha! Deve ser uma cidade invejável – em organização, limpeza (sem pichações nos muros e paredes), etc… 
É uma cidade que recebe muito dinheiro em impostos das empresas desta gigantesca zona industrial, e não se vê evolução. Deixo aqui uma foto de celebração do centenário do PCP.


Comemorou muito o “25 de Abril”?
Não tenho por hábito festejar o que quer que seja que não envolva comida e vinho, e embora não seja Salazarista, ficarei mais feliz quando o 25 de Novembro for, igualmente, feriado!

Pelo que li até o presente minuto, infiro que você é simpatizante, quiçá dirigente do LIVRE, hein
Sim, o LIVRE seria a minha segunda escolha, logo após o MRPP. 😊


Não me colo a nenhuma cor que amputará ou limitará a minha liberdade de escolha e de opinião.

Além disso, deixando no ar as minhas escolhas, posso continuar a ser chamado de fascista, chegano, racista, homofóbico. Uma sociedade de rótulos que sem eles perdem os argumentos e capacidade de raciocínio.

Pô, você não é nazista, misógino, negacionista… 🙃
Uma pergunta que não foi feita?
O que alteravas na sociedade portuguesa?

Gostava que os portugueses recuperassem a coragem de outrora e que voltássemos a ser donos do nosso futuro... se não for com caravelas, que seja montados em carros elétricos com "bumper sticks" a dizer "I love you, Greta"!

A derradeira mensagem:
O mais importante na vida não são as escolhas que se fazem, isso é apenas viver, o importante é podermos escolher!

Isso sim, é liberdade, isso sim, é democracia!

Enquanto isso não acontece, beba vinho!

Obrigado, Jorge! 😉

Conversas anteriores: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-