terça-feira, 13 de dezembro de 2022

CNJ manda suspender perfis de desembargadora que apoiou manifestações

Maria do Carmo Cardoso reclama da falta de transparência no processo eleitoral

O corregedor nacional de Justiça, ministro Luis Felipe Salomão, determinou nesta terça-feira, 13, a suspensão das redes sociais da desembargadora Maria do Carmo Cardoso [foto]. A decisão ocorreu depois de a magistrada declarar apoio às manifestações contra a falta de transparência no processo eleitoral.

“Copa a agente vê depois, 99% dos jogadores do Brasil vivem na Europa, o técnico é petista”, escreveu a desembargadora, no Instagram. “E a Globolixo é de esquerda, nossa Seleção verdadeira está na frente dos quartéis.”

Na decisão, o corregedor nacional de Justiça ordenou a suspensão imediata das contas atribuídas à magistrada no Twitter e no Instagram. “Há urgência no bloqueio de conteúdo, inclusive para prevenir novos ilícitos administrativos ou eleitorais por parte da magistrada ora reclamada”, sustentou Salomão. “A diplomação dos eleitos aos cargos de presidente e vice-presidente da República ocorreu nesta data [12/12], sendo necessária a manutenção da harmonia institucional e social até a data da posse. A conduta da desembargadora federal segue em sentido oposto, o que é expressamente vedado, em se tratando de magistrados em atividade.”

A Constituição veda aos juízes “dedicar-se à atividade político-partidária”. Até o momento, nenhum dos ministros do SupremoTribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral sofreu punições semelhantes, embora tenham se manifestado politicamente em diversas vezes.

Em 2019, o CNJ regulamentou o uso de redes sociais pela magistratura. É proibido “manifestar-se em apoio ou crítica públicos a candidato, lideranças políticas ou partidos políticos”.

Depois da abertura da Reclamação Disciplinar pelo CNJ, Maria tem 15 dias para prestar informações sobre os indícios de irregularidades.

Título e Texto: Redação, Revista Oeste, 13-12-2022, 16h43

Relacionados: 
[Livros & Leituras] Sobre a Liberdade 
Brazil is Falling, So is the U.S. The World Ignores It to Cover for the American Left 
Governo Lula não vai resultar em nenhum benefício real para a população 
A crise na Fiesp 
Nota à Imprensa - Esclarecimentos sobre o atual cenário econômico 
Manifestantes convocam ato contra diplomação de Lula 
Contra Lula, indígenas interditam rodovia em MT 
Manifestantes realizam novo protesto contra Lula em Brasília 
O establishment ungido 
O vexame da imprensa

2 comentários:

  1. Não vou me manifestar a respeito do texto acima, porque não sei o que significa CNJ. Se alguém souber, por favor, me esclareça.
    Abraços
    Aparecido Raimundo de Souza
    Da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  2. Lembrei: um cabeça de ovo podre me mandou um WhatsApp: CNJ Conselho dos Noiados Jumentosos. Até então achava que que seria a sigla ou as iniciais de "Cagando Nas Jirafas. Ai a Carina me explicou muito pausadamente que girafa não se escreve com "J", mas com "G". G de ladrão enrustido. Fiquei alegre com a observação. Ratificando, pois, CNJ se traduz por Compentelho Não (se) Justifica. Nem sem.
    Aparecido Raimundo de Souza
    da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-