terça-feira, 13 de dezembro de 2022

Documentário “Varig – a caixa-preta do Brasil”, assistiu?

Muito bom o documentário da Brasil Paralelo. E emocionante, bastante, para quem nela, na Varig, trabalhou por trinta anos.

Se a Varig foi erguida por Rubem Berta, ela foi consolidada por Erik de Carvalho.– Joelmir Betting

O Yutaka Imagawa, ele me mostrou claramente que tinha uma força que tava muito interessada na destruição da Varig, que era o PT, o Partido dos Trabalhadores. Tem um episódio que ele descreve, que o Delúbio Soares e o Silvio Pereira foram à Varig pedir uma doação para o PT. Isso na primeira eleição do Lula, em 2002. Eles chegaram lá ‘olha tá todo mundo doando, vocês não vão doar?, o Rolim tá doando…’ verdade, o Rolim, da TAM, foi o maior doador do PT naquela eleição. ‘O Lula vai ganhar, vocês vão ficar de fora?’

E o Yutaka falou: ‘Olha, a Varig não tem condições financeiras para ficar fazendo doações.’

Isso irritou a dupla petista, a ponto do Delúbio levantar, enfiar a mão no bolso, tirar uma nota de dez reais, jogar no Imagawa e falar assim: ‘Isto aqui para a pobrezinha da Varig.– Armando Levy

Excelente documentário, como sói acontecer na Brasil Paralelo. Bom jornalismo, ouviu vozes e opiniões discordantes. É claro que muitas outras pessoas, da ex-Varig e não só, poderiam ser ouvidas, como, por exemplo, a senhora Graziella Baggio, então presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas; representante do Escritório de Advocacia Castagna Maia; a ministra do STF, Cármen Lúcia… mas, compreendo perfeitamente a opção da BP, pois que a entrevistar essa tanta gente teríamos documentário para umas sete horas! 😉

É um documentário que interessa não só a ex-trabalhadores da Varig, mas, e muito, a todos que se interessam pela História, Economia e Política do Brasil!

A assistir, JÁ! 👍

Relacionados: 

Conversas com ex-trabalhadores da Varig: 





















Um comentário:

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-