sábado, 10 de dezembro de 2022

[Aparecido rasga o verbo – Extra] Certas estrelas nunca deixam de brilhar

Aparecido Raimundo de Souza

MAIS UMA da enorme constelação do infinito, nos deixa na saudade. Desta feita, o cantor, compositor e guitarrista GILENO OSÓRIO WANDERLEY DE AZEVEDO, ou LENO, como ficou conhecido no mundo artístico, em face da famosa dupla formada ao lado de Lilian. 

Tudo começou nos idos de 1966, quando junto dela, gravaram sucessos pela antiga gravadora CBS (hoje Sony BMG), que marcaram época, como “Pobre menina”, “Devolva-me, “A Pobreza” “Eu Não Sabia Que Você Existia”, “Coisinha Estúpida”, “Aquela Canção”, “Como se Fosse Meu Irmão” e outras pérolas do nosso cancioneiro popular.

Ao todo, foram aproximadamente quarenta músicas.  Para tristeza dos amigos e fãs, a parceria só durou dois anos. Em 1968, o cantor lançou o álbum “Leno” e depois em 1970, passou a integrar o grupo carioca de Renato Barros, igualmente conhecido como “Renato e Seus Blue Caps”.

Nascido em Natal, no Rio Grande do Norte, veio ao mundo em 25 de abril de 1949, coincidentemente a mesma capital onde veio a falecer no dia 8 de dezembro, aos 73 anos. Nossos mais sinceros pêsames à família, aos amigos e, especialmente, à enorme legião de fãs deixada Brasil e mundo afora. Que o Pai Maior nos conforte a todos. PAZ!

Título e texto: Aparecido Raimundo de Souza, da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. 10-12-2022

Anteriores: 
De um simples flash no escuro 
Micos que os grandes mestres pagaram 
Amores (quase) impossíveis, todavia, verdadeiros 
Azeite e vinagre 
Nossos subterrâneos da liberdade ficaram descalços 
[Aparecido rasga o verbo – Extra] Quem ficará agora sentado à beira do nosso caminho?! 
Celebridades instantâneas 
[Aparecido rasga o verbo – Extra] Não há vitória sem peleja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-