sábado, 17 de abril de 2021

‘STF tornou-se um tribunal ideológico’, dispara Lasier Martins

Senador criticou a atuação da mais alta Corte brasileira em entrevista concedida ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan

Edilson Salgueiro

“O Supremo Tribunal Federal (STF) tornou-se uma instância política, um tribunal ideológico”, disparou o senador Lasier Martins (Podemos-RS) [foto], durante entrevista concedida ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, exibido nesta sexta-feira, 16.

O desabafo do parlamentar decorre da decisão proferida pela mais alta Corte brasileira que anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato. Segundo Martins, o Supremo foi aparelhado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) — motivo que explica, portanto, a sentença que tornou o político socialista elegível para as próximas eleições.

“O PT ficou quinze anos no poder e indicou ao STF os ministros [Ricardo] Lewandowski, Rosa Weber, Cármen Lúcia, [Dias] Toffoli, [Luiz Edson] Fachin e [Luís Roberto] Barroso”, afirmou o senador. “Hoje, o Supremo Tribunal Federal é uma Corte desprestigiada, desacreditada, exatamente por causa desse aparelhamento político”, asseverou.

Título e Texto: Edilson Salgueiro, revista Oeste, 16-4-2021, 21h27

Relacionados: 
Ana Paula Henkel: ‘O Supremo atropela a Constituição’ 
STF se comporta como uma ditadura de terceiro mundo
15 de abril: Opinião no Ar, com a Procuradora Thaméa Danelon
Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes estão cada vez mais iguais
Confissão
A Lava Jato e o suicídio moral do Supremo
‘Supremo dá cavalo de pau jurídico a cada mês’, diz senador
Bolsonaro: ‘Quem fechou o comércio não fui eu, não sou ditador’
‘É uma CPI contra Jair Bolsonaro’, afirma ministro das Comunicações
Quem quer CPI restrita ao governo federal nem esconde que meta é política, não ética

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-